Estudar nos Estados Unidos

E viva o melhor amigo do cachorro!

O student adviser, Conrado Menezes, viveu uma experiência bem pitoresca na Austrália.


"Para mim, o cachorro amigo e fiel do peito, deveria ser como o Canguru para o Australiano. Quantas vezes vemos o Canguru em imagens relacionadas à Austrália? Quase sempre. É Canguru na praia, na grama, no deserto, pulando solto pelos campos australianos... Nada como um animal livre em seu habitat. Quando viajei para a Austrália, conhecer esse ser diferente da natureza era uma das minhas maiores expectativas. Queria tocar, jogar pauzinho para ele buscar (quem sabe, até ter um no pátio da casa). Canguru, nada mais que um cachorro-pulante!

Foi na segunda semana em que estava na Austrália que resolvi topar com esse futuro amigo do peito. Haviam vários soltos no Zoológico da cidade. Você podia alimentar os bichinhos e tudo mais. Aliás, bichinhos não se pode dizer que eram! Alguns eram maiores do que eu e bem mal-encarados. Tudo bem, assim como não é todo cachorro que é bacana, é de se imaginar que nem todos esses marsupiais fossem simpáticos também. Mas não sabia que a ainda o que os australianos realmente pensavam deles. Depois de mais uma semana na Austrália, houvi uma notícia estranha na televisão: "Aberta temporada de caça de Cangurus". Certamente deveria ter ouvido errado. Talvez tivessem dito temporada de "doar caça a canguru"... É, só podia ser isso! Ninguém faria isso com esse animais!



Esqueci o assunto e toquei minha vida. Foi que uns dias depois, escolhendo os alimentos no super-mercado, encontro uma carne vermelha, tenra, escondida no final do setor de carnes. Fui checar e não acreditei no que vi: "Kangaroo Meat" (Carne de Canguru)! Carne de canguru à venda. E para desprezar mais o pobre bicho, pela metade do preço da carne bovina...



Para mim foi uma grande surpresa porque o canguru sempre foi como um cão, um amigo do peito. Nunca imaginei que alguém em sã consciência poderia se alimentar do melhor amigo do homem. Mas nem aqui nem na China. Quer dizer, eu sei que na China e em outros lugares do mundo em que isso ocorre. Mas não pode ser coisa de gente normal. Ah, não pode mesmo! Tá, vá lá, em momentos de pura irritação eu já havia imaginado o Poodle chato e barulhento da vizinha de apartamento girando, bem-passado e chamuscado, na churrasqueira do prédio. Mas isso não se leva a sério. Mas alguém ir, em uma quinta-feira da vida qualquer, ao super mercado, decidir entre vazio de pastor alemão e paleta de Doberman é coisa de gente maluca!

Voltei no supermercado e pedi explicações. A moça me explicou que Canguru, na Austrália, era quase que uma praga. Havia uma quantidade imensa, e era por isso que o governo abria temporadas de caças. Mas a carne desse animal não é muito saborosa, tem um gosto bastante forte. Muitas pessoas se alimentavam dele, mas em geral é utilizado para alimentar cachorros. Nossa, que estranho! Levei um tempo para desfazer o nó na minha cabeça e dar os verdadeiros nomes aos bois. Ou aos cangurus, sei lá. Na verdade, o Canguru era um boi-saltitante, e o melhor amigo do cachorro (afinal é o cão que come sua carne). Compreendi a situação e fiz o que deveria ter feito desde o início, fiz uma homenagem ao meu cachorro: assei o Canguru!"

Vai um Canguru aí ?!




4 comentários:

Mônica Galvão disse...

Curtiii sua história!!!! Bjo boa estadia na Austrália!

Turquezza disse...

Historinha bem contada, mas tristinha, né? Com quem ficam os filhotinhos quando caçam as mães deles? Já pensou nisso?
Até.

Jasmine disse...

Eu tambem ja passei e senti isso, quando vim morar Aqui na Australia. Hoje ate compro churrasquinho de canguru, mas eu e meu filho nao comemos. E so pro dog do meu Marido!!! Lol

WWW.MERCADOZETS.COM.BR disse...

MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

VENDE DE TUDO

CANGURU

http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=canguru&IDCategoria=110

VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS