Estudar nos Estados Unidos

Viver na Australia - todo comeco tem uma chegada


Primeiramente vamos nos apresentar....

Como diria o outro primeiramente as damas :D

Mariana Ramos, natural de Natal, RN (sim, la onde a BR 101 comeca ou seria termina?)

Francisco Oliveira Santa Maria, RS



Essa sera a primeira de uma serie de historias vivenciadas por nos aqui na Australia (antes de mais nada teclado sem acentos e sem cedilhas hehehe)



E chegada a grande hora. O curso de ingles ja foi pago, as malas ja estao arrumadas e depois de mais ou menos 15 dias, seu visto para estudar na Australia esta finalmente em suas maos. Voce vai deixar a casa de seus pais, quem diria! Mais do que isso, voce vai deixar a vida que voce tinha no Brasil, para iniciar o que se pode chamar de uma aventura em terras desconhecidas. E desde ja fica a dica: voce so conhece um pais quando vive nele. Entao vamos as primeiras impressoes de um residente brasileiro na Australia! Vem comigo?
A viagem pode-se dizer que e exatamente o que voce imagina: cansativa, longa... ta perto de chegar? Ufa, Nova Zelandia! Agora sao so mais 4 horas ate Sydney. E, de repente, todo aquele cansaco da lugar a uma vista de tirar o folego. Olhar a Australia da janela do aviao e um verdadeiro alivio, especialmente para sua vista.
E se voce estava nervoso por causa da imigracao, de uma de australiano e diga para voce mesmo: "no worries, mate". Na maioria dos casos, entrar na Australia e tao facil quanto chegar na Argentina. Basta ter seu visto, respeitar algumas poucas exigencias (nada de comida, objetos de madeira - se bem que a cuia do chimarrao e mais popular aqui do que em qualquer cidade no Brasil) e pronto: voce ja esta na Australia.
A primeira semana e para aproveitar. Voce vai estar confuso por causa da diferenca no fuso (algo como acordar de madrugada querendo almocar, sentir sono no meio do dia...) mas vai estar ao mesmo tempo maravilhado com uma cidade bonita por natureza - bem diferente da brasileira - e que mistura tecnologia e modernidade a isso. Andar no centro da cidade impressiona: a arquitetura dos arranha-ceus distrai sua atencao e voce nem percebe que ja esta rodeado por olhinhos puxados. Isso mesmo, os asiaticos dominam aqui.
Mas vamos em frente, porque voce ainda precisa ir ao banco abrir uma conta (facil, bem facil), e caso voce nao queira viver de "paitrocinio" (transporte e moradia vao ser suas principais despesas), e hora de ir na imigracao mudar seu visto para "estudante com permissao para trabalhar", o que e mais facil ainda (hoje em dia, quem é estudante ja sai com a permissao ai do Brasil). A parte dificil, e o que vem em seguida: encontrar emprego aqui e uma tarefa que exige algumas semanas e muita dedicacao. Mas nao desista, mesmo porque e so o comeco.
No mais e isso: a chegada na Australia tem suas surpresas e aos poucos voce vai se acostumando a um pais com um pouco de cada canto do mundo. E nao se preocupe: aqui tem feijoada, brigadeiro e acai. Afinal, voce nao o unico brasileiro na Australia. Voce vai encontrar um pais amigavel, alem de todos os novos amigos do seu curso de ingles. Mas o mais importante e que voce vai encontrar alguem que talvez voce nem conhecia: voce mesmo. Ready?




Foto 1: Sobrevoando a Australia

Um comentário:

Cristiana disse...

Sejam bem vindos Mariana e Chico!
Super entusiasmada essa chegada na Austrália! Achei um relato muito verdadeiro e simpático!
Espero “ler vocês” em cada nova descoberta...vamos desbravar juntos essa experiência!

Grande abraço e até breve!!!