Estudar nos Estados Unidos

Esculturas quase reais em Brisbane



Um bebê gigante, senhoras diminutas que parecem cochichar em segredo, uma enorme cabeça de um homem adormecido. Tudo parece muito real e não se trata de um sonho - tampouco pesadelo. Tudo faz parte da particular realidade em que se mergulha ao visitar a exposição do artista plástico australiano Ron Mueck.

O aclamado escultor reproduz o corpo humano com fidelidade há cerca de 14 anos e expõe até 1° de agosto em Brisbane, na Austrália, seu país natal. A mostra, que se propõe ser a mais completa até hoje, reúne trabalhos de coleções locais e internacionais, além de novas obras do estúdio do artista, baseado em Londres.

Classificadas como hiper-realistas, as obras são confeccionadas em fibra de vidro, silicone, resina de poliéster, alumínio, madeira, entre outros elementos pesquisados pelo autor. Os pelos artificiais são colocados um a um pelo artista para que o resultado seja o mais natural possível.

Mas o que chama mais atenção de críticos e daqueles que vêem as esculturas de perto são as expressões das personagens. Cada um parece transmitir os sentimentos e os pensamentos que povoam suas cabeças. "Mais importante, sem contar com elementos narrativos que nos guiem a essa conclusão", escreve o curador Nicholas Chambers da Arte de Galeria Contemporânea Internacional de Queensland.

Mueck trabalhava com produção de manqeuins e fantoches para publicidade e animação, além de participações em programas infantis de TV.

A visitação ocorre das 10h às 17h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 17h, de sábado e domingo, na Gallery of Modern Art (GoMA), (Stanley Place, South Bank, QLD 4101).



Fonte: Terra, por Henrique Peres Velloso, de Brisbane (Austrália)

Nenhum comentário: